12/08/2022  14h12
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Opinião
01/08/2022 - 06h28
Não entre no caos
Benedicto Ismael Camargo Dutra
 

Quando as pessoas agem com amor no coração, podemos perceber os efeitos da generosidade beneficiadora e isso é muito bom. O mundo precisa de pessoas assim para melhorar sempre. Quando as pessoas agem com astúcia, inveja e desconfiança poderemos ver a pequenez e maldade dessas almas, e se elas se conscientizam que sabemos disso, podem ficar perigosas, agredir, causar danos, mostrando a sua face real.

Desde o nascimento, os seres humanos têm um tempo limitado em sua encarnação. Relaxando os cuidados com o próprio corpo e modo de vida, esse tempo pode encurtar, mas não dá para alongar. O que é da terra, à terra será devolvido, mas a alma segue os caminhos que ela mesma traçou em vida.

As novas gerações estão sendo induzidas a olhar só para a sobrevivência e os prazeres. Como poderão ter uma visão para refletir sobre o significado da vida? Em meio ao cipoal dos acontecimentos torna-se imprescindível o movimento certo que nos possibilite enxergar o sentido na vida, para alimentar os pensamentos com a visão correta, pois tudo conspira contra, enfraquecendo a vontade que quer futuro melhor, mais humano.

A semente espiritual inconsciente tinha o impulso para se tornar consciente; para isso, teria de se afastar até o limite onde poderia atuar exercendo o seu querer, tomar contato com o ambiente, se fortalecer e retornar à casa como espírito forte e autoconsciente. Para isso, recebeu um corpo material e a possibilidade de várias encarnações, para através desse corpo emitir sua vontade, fazendo a ponte entre o mundo espiritual e o material através de seu livre arbítrio. Mas no mundo material se deixou atrair por vibrações baixas e com passar do tempo foi esquecendo e se afastando de sua origem, permitindo que a vontade mental prevalecesse sobre o querer do espírito, destruindo o canal por onde a energia espiritual flui para a matéria, enobrecendo-a.

O resto da história se revela nos caóticos dias atuais, nos quais há a sensação de que um impenetrável paredão de luz avança celeremente sobre a estruturação forjada pela vontade e sintonização erradas dos seres humanos, que agrilhoaram o espírito ao mundo material, exigindo prestação de contas sobre o que fizeram no tempo que lhes foi concedido para o seu aprimoramento.

Os seres humanos foram dotados de capacitações que permitiriam alcançar a consciência plena e o autoaprimoramento, construindo na Terra um paraíso de paz e felicidade. Em vez disso regrediram, sufocaram a essência espiritual, construíram e continuam construindo péssimo futuro, tendo como modelos, degenerados, corruptos, sádicos, traficantes e drogados. Forjaram o caos e a miséria. Não se preocupam mais com a possibilidade da morte espiritual.

Há séculos nos chegam informações que filósofos, religiosos e outros eruditos intelectivos, que sufocaram a intuição, buscaram a chave da evolução humana. Em geral, suas teorias são complicadas misturando fatos naturais com suas teorias empoladas sem naturalidade e clareza. Fuja do caos. A Mensagem do Graal põe um ponto final nessas questões, dando o esclarecimento certo que a intuição acolhe naturalmente. O futuro depende do bom preparo das novas gerações.

Com amor, o Criador concedeu aos seres humanos o planeta Terra como hospedagem temporária para o seu desenvolvimento. O orientar designado para auxiliar os seres humanos rebelou-se com arrogância contra o Amor Divino, e em oposição passou a influenciar os seres humanos de forma errada através do cérebro, visando manter inativo o espírito encarnado.

Os povos deveriam viver de forma autônoma, tendo como denominador as leis da Criação, mas em sua vaidade os homens quiseram impor a própria lei criada na oficina do cérebro sem a participação do espírito, e tudo tendeu à ruína, no confucionismo, no hinduísmo, no cristianismo, no islamismo, no comunismo. Agora, em meio ao caos, as elites dominantes querem uma nova ordem na qual as máquinas inteligentes controlariam tudo, impondo rígidas normas de vida aos seres humanos que não fortaleceram o próprio espírito, perdendo o discernimento e o bom senso intuitivo. Mas a reação das leis divinas da Criação, em sua automática atuação, trará a cada ser humano os frutos de suas ações voltadas para o bem, ou mal.


Nota do Editor: Benedicto Ismael Camargo Dutra, graduado pela Faculdade de Economia e Administração da USP. Coordena os sites www.vidaeaprendizado.com.br e www.library.com.br. E-mail: bicdutra@library.com.br

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "OPINIÃO"Índice das publicações sobre "OPINIÃO"
12/08/2022 - 06h19 As crises do século 21
11/08/2022 - 06h16 No galope do cavalo do velho samurai
10/08/2022 - 06h01 Partidos e candidatos, os viáveis e os nanicos
09/08/2022 - 06h32 A nau de São Pedro diante de Cila e Caríbdis
09/08/2022 - 06h30 Para além do juramento de Hipócrates
08/08/2022 - 05h49 Os jovens e o dinheiro
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.