07/12/2022  06h00
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Crônicas
23/11/2022 - 05h39
Para saber onde existe o amor
Marcial Salaverry
 

É fácil saber onde existe o amor, ele existe na música da vida, na poesia da vida, basta saber captá-lo e entendê-lo, e certamente, saber vivê-lo. O amor deve ser vivido com naturalidade, com sinceridade, pois não existe enredo para tanto, pois enredo significaria artificialismo, e o amor tem que ser natural, e quando acontecer, que seja simplesmente, naturalmente...

Ou é amor, ou não é... Não existe muito amor, ou pouco amor, ou existe, ou não... Não se pode falar em amor eterno, pois o eterno é imponderável... Na verdade, está tudo implícito nas mais simples palavras, que nos mostra que o amor é para ser vivido, e não definido, pois, resumindo, o amor é indefinível...

No amor deve haver serenidade, amizade, reciprocidade, e claro, muito carinho... Com o coração sempre puro, procuramos sentir serenidade em busca da felicidade...

Sem sentir medo, sem desistir, embora sem rumo, procuramos nosso prumo e olhando para o alto, vemos que lá está Deus, e com certeza é Ele que nos orienta em nossa busca, na esperança de encontrar o amor, e se esperança não sentir, é só não desistir... É saber persistir, e lutar contra o que nos atormenta, pois sempre fica uma luz, uma cor... Há que buscar apoio no amor, sem desespero, sem tristeza... Veremos a luz, a beleza, eis que lá está o amor, o carinho, e assim, olhando naquela direção, encontraremos o linimento para o coração...

Sigamos adiante, seja como for, uma vez que à frente, nos espera o amor, e assim, sigamos sempre procurando, sempre o amor buscando pois ele nos está esperando, para que se possa sentir a doce emoção e a muda sensação que nos domina o coração, ao reconhecer o chamado do amor, naquele doce momento, tirando todo tormento, e destarte, poderemos nos entregar ao suave calor que sem contestação. nos vem deste doce chamado do amor, que poderá permitir que possamos fazer de cada dia de nossa vida, sempre UM LINDO DIA, que poderá ser repetido enquanto houver amor em nosso coração, em nossa alma...

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
06/12/2022 - 05h50 Competência e humildade
30/11/2022 - 05h14 Ideal é poder viver agradavelmente
29/11/2022 - 05h32 A bota de Maria
28/11/2022 - 06h20 Uma leitura que me marcou
27/11/2022 - 05h47 Viagem e vida
24/11/2022 - 06h07 De Quilombo a Quilombo
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.