28/01/2022  02h37
· Guia 2022     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Marcelo Sguassábia
10/01/2022 - 06h22
Coadjuvantes da história - Episódio 3
 
 
Final da Copa de 50

Da trágica final da Copa de 1950 até 2000, ano de sua morte, o goleiro Moacyr Barbosa viveu o martírio de ser apontado como culpado da derrota da seleção brasileira contra o Uruguai - por conta de um suposto “frango” no gol marcado pelo ponta-direita Ghiggia, aos 23 do segundo tempo.

Barbosa, meu amor e minha vida

O meu anjo da guarda e o meu santo protetor estão me dizendo que você não vai ter trabalho nenhum no jogo de domingo. Também pudera, né mô? Com o ataque da seleção brasileira, vai ser difícil sobrar um restinho de fôlego para os uruguaios, quanto mais o atrevimento de tentar um chute a gol.

Eles não sabem contra quem estão jogando. Se soubessem da muralha que você é no gol, já teriam desistido de disputar a final. Voltariam todos a Montevidéu, cabisbaixos e rendidos, por entenderem que a seleção canarinho tem o gol fechado, meu lindo. Acho até que você podia aproveitar pra fazer da rede do gol uma rede daquelas de descanso, esticada de uma trave até a outra, para dormir tranquilo. Já pensou que humilhação pra aquela uruguaiada metida besta? Pode embalar gostoso, meu Barbosinha, e botar o despertador pra tocar depois de 90 minutos, porque jogo, pra valer mesmo, não vai ter não.

E as apostas? Falaram no rádio que a vitória do Uruguai sobre o Brasil vai pagar 250 pra 1. Não é pra menos, quem é louco de acreditar numa zebra dessa? Te esconjuro, eita...

Sabe que, lá na firma, já virou até piada: quando querem dizer que alguém é folgado, que leva a vida na moleza, falam que o sujeito trabalha menos do que o Barbosa.

Eu queria ir aí na concentração pra te dar um beijo e um benzimento no capricho, mas não deixam a gente entrar de jeito nenhum.

Falando em benzimento, lá no centro que eu frequento os guias mandaram te avisar que você vai entrar pra história, meu amor. Que nunca mais vão esquecer você. Já pensou? Meu Barbosa, meu herói!

Esta é uma obra de ficção.


Nota do Editor: Marcelo Pirajá Sguassábia é redator publicitário em Campinas (SP), beatlemaníaco empedernido e adora livros e filmes que tratem sobre viagens no tempo. É colaborador do jornal O Municipio, de São João da Boa Vista, e tem coluna em diversas revistas eletrônicas.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
27/01/2022 - 05h34 Corre o leão, também a gazela
26/01/2022 - 05h48 É possível sentir uma presença ausente
25/01/2022 - 05h37 Escolha bem seu herói
24/01/2022 - 06h22 Com-pacto simples
23/01/2022 - 05h18 Sem virar vinagre
21/01/2022 - 05h32 A Paraíba revoluciona a Educação
ÚLTIMAS DA COLUNA "MARCELO SGUASSáBIA"Índice da coluna "Marcelo Sguassábia"
20/01/2022 - 05h33 Personal Killer
27/12/2021 - 06h28 Coadjuvantes da história - Episódio 2
17/12/2021 - 05h39 Coadjuvantes da história - Episódio 1
07/12/2021 - 05h42 Black Strange Friday
29/11/2021 - 05h20 Paradeiro paraguaio - Parte II
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2022, UbaWeb. Direitos Reservados.