12/06/2021  14h45
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Crônicas
04/06/2021 - 06h32
Da ingratidão
Rangel Alves da Costa
 

Ingratidão (ou quando a gente cansa de estender a mão) - por mais bondoso e generoso que seja o coração, um dia tudo cansa pela ingratidão. Você enxuga a lágrima, você estende a mão, mas depois recebe ingratidão. A mesa está vazia e você faz chegar o pão, as carências somam e você nunca diz não, mas ainda assim só recebe ingratidão. Você sempre é mais que amigo, você é como irmão, ouve, aconselha, dá atenção, mas depois só vem a ingratidão. Nada que se dá é esperando algo em retribuição, pois tudo do mais profundo do coração. Mas dói demais quando da pessoa só vem a ingratidão. O que fazer, então? Quando chegar rastejando, apenas mostrar a imensidão do chão.


Nota do Editor: Rangel Alves da Costa é poeta e cronista. Mantém o blog Ser tão / Sertão (blograngel-sertao.blogspot.com.br).

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
10/06/2021 - 06h04 Para namorar basta ter um amor...
09/06/2021 - 06h15 Desejando uma outra realidade
08/06/2021 - 05h55 Latifúndios urbanos
07/06/2021 - 06h31 Dois sonhos de fim do mundo
06/06/2021 - 06h25 Profeta e cartomante
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.