08/04/2020  11h32
· Guia 2020     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Julinho Mendes
06/02/2020 - 06h50
Quem quer comprar buraco?
 
 
Julinho Mendes 

Segundo os especialistas, são dos momentos de crise, às vezes de tragédias... que surgem oportunidades de negócios, de prosperidades, de riquezas, enfim.

A ideia me veio logo após encontrar com meu amigo Clóvis que estava ao lado de três buracos existentes no chão da praça BIP, local da feira de produtos rurais. Perguntei a ele:

- Ô Clóóóóvis, você está vendendo buracos?

- Não, estou esperando a Rosalva que foi comprar pilão de socar alho!

Ele, logo se tocou da brincadeira e começamos a rir e a brincar com a situação. Logo apareceu o Dito Coruja que pagou dois reais pelo buraco fundo; Mané Canhão ficou com o buraco apertadinho por três e cinquenta.

- Se couber na minha sacola eu levo o buraco largo, falou Dona Rafa, e a brincadeira continuou.

Foi aí que tive a grande ideia: vou vender buracos! Na verdade a ideia já existe, ou seja, salvo aquele que deseja ser cremado depois de morto, o resto, já tem um buraco de sete palmos, esperando o momento de acomodar-lhe perpetuamente junto com seu paletó de madeira.

Mas os buracos que pretendo vender são os buracos existentes nas ruas da cidade. Já patenteei a ideia!

Os buracos de ruas, hoje em dia, já são como bichinho de estimação. Eu, por exemplo, tenho aqui, em frente a minha casa, dois buracos, parecem ser gêmeos, tem a mesma idade; eram, na verdade, dois furinhos no asfalto eleitoreiro que, a cada chuva, começaram a crescer. No começo me incomodavam, mas fui acostumando e pegando amor e carinho pelos buraquinhos, até que um dia dei nome aos buracos; em homenagem a eleição do presidente dos Estados Unidos, na época, batizei o buraco mais largo de Barack e o mais fundo de Obama, aí acabei apelidando-os de “Buracobama”.

Qual a vantagem de você, leitor-eleitor, comprar um buraco de rua? Primeiramente você vai ter um buraco pra chamar de “seu”, dê o nome que você quiser. O buraco de rua é um buraco que foi gerado sem base estrutural, ou seja “feito nas coxas”, assim sendo, como se fosse um cachorro de rua, você mostrará o seu lado humano. Você terá um buraco de estimação porque ele nunca sairá da frende de sua casa e terá um amigo para brincar, ou seja, você joga terra, areia, caco de telha, pedaço de bloco... tudo isso, ele se divertirá cuspindo fora e abrindo-se em gargalhadas e tornando-se um buraco amigo e feliz. Vai vendo as vantagens de se comprar um buraco. Quer ver outra: se você comprar um buraco fundo, ele tornar-se-á  o seu alarme, ou seja, se você não ficar surdo, você ouvirá qualquer barulho de mola ou amortecedor de caminhão, carro, moto, passando em sua rua ou chegando em sua casa; o buraco fundo aguenta o tranco e tolera xingamento.

A imagem acima mostra uma família de buracos, o marido e a mulher que, depois do casamento comunitário, da gestão passada, uniram-se e, dessa união surgiu o burequito, que daqui a uns três meses terá uma ligação direta com os pais. Já tenho duas propostas de compra desse buraco familiar na rua Cunhambebe, uma da creche colorida que fica de frente, que quer fazer uma piscina natural para as criancinhas, e outra proposta de um vereador que usa os buracos alagados para lavar, por debaixo, o seu carrão de vidro fumê escuro. Nesse caso vou fazer leilão de venda! Leva quem pagar mais!

Pra vender eu tenho em pronta entrega: buraco fundo, buraco largo, buraco comprido padrão Sabesp, buraco estreito, buraco raso, buraco com lama medicinal, buraco seco, buraco alagado, buraco piscinão, buraco preto, buraco fedido, buraco em forma de coração para casais apaixonados, buraco quadrado, triangular, elipsoidal... tenho também buraco exótico, este foi copiado de Portugal. O buraco exótico é o buraco que fica com o fundo virado pra cima, ou seja, é o buraco da operação “campanha eleitoral”, ele foi tampado e naquele servicinho malemá, tornou-se caroçudo, cientificamente falando, buraco lombado. Para político, tenho pra vender, dois tipos de buracos: buraco vazio é para o político de oposição atacar o de situação e tentar alcançar o poder. Buraco corcunda ou caroçudo é para o político de situação fazer campanha, tirar foto ao lado do buraco morto, como se tivesse matado um Leão na savana africana e dizer que está trabalhando para manter-se no poder, enfim, tudo pelo poder.

A coisa vai além: estou oferecendo oportunidade para você, leitor-eleitor, de se tornar um empresário de sucesso no ramo de buracos de ruas, isso se traduz em franchising. A venda de franquias já está aberta. Tenho franquia de venda de buracos para a rua principal do Sesmarias, Cachoeira dos Macacos, Sertão de Ubatumirim, Almada e outras rerererepavimentadas ruas, ruelas e estradas; aproveitem que é preço de ocasião, pois essas ruas atualmente estão com o famoso e popular asfalto “mingal de piche-engana que eu gosto” e por isso o preço é quase de graça, tão logo comecem aparecer os buracos, o preço vai subir feito taxa da Zona Azul ou de carnê de IPTU. Aproveitem!

Taí a oportunidade! Reclama dos buracos quem não tem senso empresarial. Venha ser meu sócio!

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
08/04/2020 - 06h58 Assim é a estrada da vida
07/04/2020 - 07h01 Quando a flor sufoca a efervescência do ser
06/04/2020 - 07h33 Os agraves da crise em andamento
05/04/2020 - 06h46 Galos e manhã
03/04/2020 - 05h56 As velhas amendoeiras
02/04/2020 - 07h08 Contagiados ou contagiantes contagiam
ÚLTIMAS DA COLUNA "JULINHO MENDES"Índice da coluna "Julinho Mendes"
02/02/2018 - 06h53 Os asfaltos de Ubatuba
25/01/2018 - 06h56 O chumbo vai ser grosso
19/01/2018 - 07h24 A culpa é da bunda
12/06/2017 - 07h02 A lenda da gruta do Curuçá
05/09/2016 - 07h30 A farra dos santinhos
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2020, UbaWeb. Direitos Reservados.