11/12/2019  02h06
· Guia 2019     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Celso Fernandes
20/07/2019 - 05h56
Ricochetes palacianos, politiqueiros...
 
 
Tevê à manivela

“Se o nepotismo é a palavra da vez, não custa lembrar que também muito se fala, mas nada se cria, nada se transforma. Os mesmos, por sua vez, são sempre os mesmos na continuidade da coisa da máquina emperrada”.

Numa breve entrelinha, um deles – que espera chegar à embaixada de Washington – fala mesmo em ter fritado hambúrguer para a modéstia do momento, defendendo sua indicação. Ou seja, o pai-presidente Jair Bolsonaro e o filho deputado federal Eduardo Bolsonaro. Maiores e/ou melhores atribuições para ocupar o cargo nos Estados Unidos, ora essa! “E quem foi que soprou aí ao final da fila – Bob Pai e Bob Fiho – sem desmerecer (idem, aqui) a sapiência de ninguém nessa negociata toda, hein?”

Futuramente, no meu caso, devo mais é aprender a tostar um Xis-Salsicha no espeto, com o perdão da desdita. Porém não fale muito lá do inglês nem do espanhol devo dar (ops) para o gasto. Repito em não querer estreitar sobre conhecidos favoritismos para com parentes nessa vertente toda de cargos públicos. Tanto que mal somamos quantos são eles espalhados pelo Congresso agora em recesso para o que deverá vir lá pela frente!

Reforma Previdenciária mesmo só quando agosto adentrar já estendido para setembro se aproximar e olhe lá! Há interesse maior envolto a celebradas excelências que tem mais é que descansar? Claro, a “Lei do Toma Cá e Dá Lá” jamais sairá de cena. Enfim, um Centrão de negociatas se fará sempre presente. Business! Cargos, trocas de gentilezas, e o mais importante: Alianças Partidárias.

Em outro breve, direto de Brasília, o Ministério da Economia também já faz as suas contas na ponta do lápis que a proposta da reforma tributária encampada pela Câmara dos Deputados exige fixação de uma alíquota de 30% ou até maior para o novo Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS) sobre consumos. Mas tratem de explicar melhor isso ao povo que com toda certeza irá pagar sobre isso. No mais, promessas de polarizações só mesmo para 2020 e vamos estendendo a coisa da máquina com os ditos nomeados com os “Beneditos” em em processo de futuras nomeações, indicações, e o que mais for!

– Querido, hambúrguer frito na frigideira outra vez? Não seria bem melhor uma boa sopa de abobrinhas, sic, daquelas repetida desde ontem...

– Que nada, fritar hambúrguer é que é o canal. Bem mais quando se tem uma vivência internacional muito grande e principalmente daquelas bem mais que diplomáticas!

Aplausos, por favor!


Nota do Editor: Celso Fernandes (modarougebatom.blog.terra.com.br), jornalista, poeta e escritor, autor de “As duas faces de Laura”, “O Sedutor”, “Sonho de Poeta” (Ed. Edicon), entre outros. Colunista de Moda, Cultura & TV, escreve semanalmente em jornais, revistas e sites relacionados às áreas.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
10/12/2019 - 06h43 Amigo não é para ser oculto
09/12/2019 - 07h20 Globo luminoso
08/12/2019 - 06h54 Brasil, país dos finalmente corretos?
06/12/2019 - 06h33 Bacamartes e estampidos
05/12/2019 - 06h12 Eis o que pode ser a felicidade
04/12/2019 - 07h22 La Mijona
ÚLTIMAS DA COLUNA "CELSO FERNANDES"Índice da coluna "Celso Fernandes"
02/12/2019 - 06h36 Senso, bom senso, contrassenso
28/11/2019 - 07h25 O fato, a versão, a conversão
17/11/2019 - 06h47 Medidor de paciência
03/11/2019 - 05h20 Derrapagens e barbeiragens políticas
28/10/2019 - 06h04 A hipótese da hipotenusa
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2019, UbaWeb. Direitos Reservados.