13/06/2021  02h57
· Guia 2021     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
COLUNISTA
Luiz Moura
14/07/2006 - 06h02
O maior cara-de-pau de Ubatuba
 
 

As ações empreendidas pelo carregador-porteiro-bancário petista vêm atingindo os objetivos pretendidos. Seus atos, administrativos ou não, mas ilegítimos,  descaracterizam o Conselho Deliberativo da Fundart - Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba. Uma das metas é “tornar” o Conselho Deliberativo desnecessário, propondo (dentro em breve) sua transformação em um conselho apenas consultivo.

Martiniano Nelson Viana, diretor-presidente da Fundart, praticamente rasgou os dispositivos legais que regem a entidade para a qual foi imposto e, a comanda "quando e como" lhe dá na telha.

Ver calado, o prefeito e os representantes do Ministério Público, inertes aos desmandos ocorridos na Fundação, é inadmissível. É patente a gestão do dinheiro público contrariando a legislação, os espaços sendo usados de maneira inapropriada, a entidade administrada de forma capenga...

Ninguém interfere nos desmandos que há muito são denunciados. Eduardo César (?) dá a impressão que em reprimenda a meus escritos faz vista grossa ao que acontece na Fundart, prejudicando assim toda a comunidade ubatubense, pois nos 365 + 195 dias de sua administração não conversou uma vez sequer com o Conselho Deliberativo. Quanto aos representantes do Ministério Público, estão convictos de que tudo não passa de divergências políticas e que elas devem ser resolvidas no âmbito interno (entre Prefeitura e Fundação).

Enquanto isso, a Fundart vai perdendo, cada vez mais, a credibilidade junto aos agentes culturais do município.

A desmoralização do Conselho Deliberativo é tão grande que agora o diretor-presidente "elege" novos membros para o Conselho, como o caso do Grupo Setorial de Música (página 11 da edição datada de 08 de julho de 2006 do jornal A Cidade).

“Como nunca antes”, a cultura de Ubatuba é usada da maneira que os gananciosos “investidores” imobiliários fizeram com os caiçaras. Tudo não passa de um engodo.


Nota do Editor: Luiz Roberto de Moura é engenheiro civil e consultor de informática. Iniciou no jornalismo em 1970 como colaborador da Folha da Baixada. Na administração pública, em Ubatuba, dirigiu várias secretarias municipais. É o responsável pelo UbaWeb - O Portal de Ubatuba.
PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "UBATUBA"Índice das publicações sobre "UBATUBA"
11/06/2021 - 05h53 Novo calendário da vacinação contra a Covid-19
10/06/2021 - 06h07 A Defesa Civil de Ubatuba está de mudança
09/06/2021 - 06h18 De olho em Ubatuba - 09/06/21
08/06/2021 - 05h58 E nas areias de Ubatuba... (CCCLXVIII)
05/06/2021 - 06h26 Mutirão contra Covid-19 em Ubatuba, hoje: 2ª dose
04/06/2021 - 06h35 Ubatuba muda formato da vacinação contra Covid-19
ÚLTIMAS DA COLUNA "LUIZ MOURA"Índice da coluna "Luiz Moura"
30/06/2008 - 17h11 Dudu e seu “plano”... de governo (?)
21/12/2007 - 14h01 Eduardo Cesar além de dem... é mentiroso
27/10/2007 - 21h38 UbaWeb completa 10 anos
10/08/2007 - 14h02 Não há saco que agüente
31/07/2007 - 14h03 Cansei, mas...
20/07/2007 - 14h12 Terra Caiçara
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2021, UbaWeb. Direitos Reservados.