23/04/2019  01h03
· Guia 2019     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Crônicas
17/03/2019 - 07h50
Vida vazia
Dartagnan Ferraz
 

Acho que todo ser humano deve procurar ser útil, participar da vida da sua comunidade, tentar viabilizar seus sonhos (pelo menos tentar), lutar por suas ideias, ser solidário, amar (de verdade), enfim, viver de verdade sem ficar prostrado, omisso e solitário, tirando onda de Carolina que fica na janela vendo o tempo passar.

Não, não estou defendendo que a pessoa busque a glória, a fama, o reconhecimento... Não, apenas que viva intensamente. Que procure uma razão, um sentido, uma direção, um norte, um motivo para dar dimensão a sua vida. Gastar a vida egoisticamente, frio, distante, solitário, ficar amargo, azedar, virar vinagre é muito triste.

Que fique claro que viver e participar da vida de uma comunidade é possível, mesmo sem recorrer à política e à religião. Não é preciso ser político militante e nem religioso. Basta ser solidário, ter ideias, lutar pela justiça e igualitarismo e, claro, tentar, repito, viabilizar algum sonho. Resumindo: buscar um motivo para viver.

Há uma frase de Dostoiévski que acho luminosa, linda, verdadeira: "O segredo da existência reside não só em viver, mas também em saber porque se vive".

Não dá para aceitar e nem concordar com uma vida vazia. Inté.

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
22/04/2019 - 06h00 Barrabás! que fim levou Barrabás?
22/04/2019 - 05h56 Pano para as mangas e algo mais!
21/04/2019 - 07h35 Livro, agoniza mas não morre
19/04/2019 - 06h05 Um sopro, apenas
18/04/2019 - 07h21 A volta do escorpião
17/04/2019 - 07h18 A gostosa felicidade de estar vivo
· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2019, UbaWeb. Direitos Reservados.