20/05/2018  23h54
· Guia 2018     · O Guaruçá     · Cartões-postais     · Webmail     · Ubatuba            · · ·
O Guaruçá - Informação e Cultura
O GUARUÇÁ Índice d'O Guaruçá Colunistas SEÇÕES SERVIÇOS Biorritmo Busca n'O Guaruçá Expediente Home d'O Guaruçá
Acesso ao Sistema
Login
Senha

« Cadastro Gratuito »
SEÇÃO
Crônicas
13/05/2018 - 07h41
Resposta tipo as de Seu Lunga
Dartagnan Ferraz
 

No interior há pessoas que reagem do mesmo jeito que Seu Lunga, personagem famoso pelas respostas duras e que os mais educados chamam de ignorância, mas na verdade é franqueza exagerada, resposta a perguntas sem noção e comentários abestalhados.

Presenciei várias cenas e reações duras e raivosas, dessas que poderiam ter gerado não só uma intriga, mas algo muito mais sério. Principalmente quando ocorreu em público e todo mundo tomou conhecimento.

Uma dessas cenas que presenciei (nunca esqueci) pensei que fosse descambar em violência. Havia dois sujeitos do mesmo nível social, ambos bem de vida, que se davam muito bem, até jogavam gamão e carteado juntos, tudo numa boa. Mas um era leviano e dizia as coisas sem pensar direito, enquanto o outro era caladão e meio grosso, jamais deixava passar uma ofensa ou um comentário que, no seu entender, fosse ofensa.

Um dia estavam, junto com outros da mesma patota, na calçada do clube sentados em cadeiras na calçada. Eu estava escorado na parede, esperando a hora do filme, o cinema ficava vizinho. Estavam papeando falando em chuva e gado, quando de repente o leviano olhou para o meio grosso e perguntou: - É verdade que seu filho vai casar com aquela mocinha que é de uma família de gentinha mas que é uma mocinha até direitinha? O meio grosso deu uma baforada no cigarro de palha e respondeu: - É verdade, ele vai casar com essa mocinha pobre, mas muito direita, muito diferente da que casou com seu filho que era mais rodada que carro velho. Fez-se silêncio, ninguém disse uma palavra. Depois de algum tempo a sirene do cinema apitou e eu fui assistir ao filme. Mas não houve nenhum incidente.

Desnecessário dizer que a rua toda tomou conhecimento e deu razão ao cara tipo Seu Lunga. Por um motivo simples e objetivo: ele disse a verdade, uma verdade que era do conhecimento geral. Depois vi os dois jogando baralho. Acho que o leviano não tratou mais de assuntos familiares. Inté.

PUBLICIDADE
ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES SOBRE "CRÔNICAS"Índice das publicações sobre "CRÔNICAS"
20/05/2018 - 07h26 Jabuti escondido
20/05/2018 - 07h22 Direita, esquerda, volver, outra vez?
18/05/2018 - 05h11 A caçada e os mistérios da mata
17/05/2018 - 05h23 Anjo amigo
16/05/2018 - 05h04 Ninguém merece!
15/05/2018 - 05h46 A nossa dança do passinho






· FALE CONOSCO · ANUNCIE AQUI · TERMOS DE USO ·
Copyright © 1998-2018, UbaWeb. Direitos Reservados.